Principais lesões do ligamento cruzado anterior (LCA)

O Ligamento Cruzado Anterior (LCA) é uma estrutura importante para garantir a estabilidade do joelho. Localizado no centro da articulação do joelho, ele desempenha um papel fundamental na prevenção de movimentos excessivos de rotação e deslizamento.

Quando lesado, o LCA pode causar significativa instabilidade e limitação funcional. Neste artigo, eu explico um pouco mais sobre estas lesões, quais são os fatores de riscos e como é possível tratá-las. Continue lendo!

 

Quais são os mecanismos de lesão do LCA?

As lesões do LCA podem ocorrer devido a diversos mecanismos, como:

  • Lesões traumáticas: Causadas durante atividades esportivas, acidentes automobilísticos ou quedas.
  • Lesões não traumáticas: Podem se desenvolver devido ao desgaste gradual do ligamento devido a movimentos repetitivos, envelhecimento ou fatores genéticos.

Quais são os fatores de risco para lesões do ligamento cruzado anterior?

Os fatores de risco para a ocorrência das lesões do LCA podem incluir fatores anatômicos, biomecânicos e até mesmo genéticos e hormonais. Dentre eles estão:

  • Menor largura do túnel intercondilar;
  • Inclinação do platô tibial mais acentuadas;
  • Desalinhamentos no eixo do joelho, como valgo ou varo;
  • Ângulo Q aumentado;
  • Pré-disposição genética e fatores hormonais,
  • Atividades esportivas que envolvem contato ou são de alta intensidade;
  • Atividades que envolvem movimentos repetitivos de rotação e mudanças de direção;
  • Idade - Essas lesões são mais comuns em adultos jovens e adolescentes.

 

Quais são os principais sinais e sintomas da lesão no LCA?

  • Dor no joelho;
  • Inchaço;
  • Instabilidade para andar ou realizar atividades físicas;
  • Sensação de "estalo" no momento da lesão;
  • Dificuldade em movimentar o joelho.

Como é feito o diagnóstico das lesões no ligamento cruzado anterior (LCA)?

Para o diagnóstico de lesões do LCA, recomenda-se que o paciente busque um ortopedista especialista em joelho, já que esse profissional poderá ter uma maior expertise para a avaliação do caso. Entre os principais exames para a avaliação estão:

  • História Clínica: Os sintomas do paciente, a história da lesão, atividades esportivas praticadas e quaisquer eventos traumáticos anteriores relacionados ao joelho devem ser informados ao ortopedista;
  • Exame Físico: O ortopedista realiza testes específicos para avaliar a estabilidade do joelho, como o teste de Lachman, teste de gaveta anterior e teste de pivot shift;
  • Exames de Imagem: A Ressonância Magnética (RM) é o exame de imagem mais comumente utilizado para diagnosticar lesões do LCA, já que ela fornece imagens detalhadas dos tecidos moles do joelho, do ligamento e qualquer lesão associada. Já as radiografias são úteis para avaliar a anatomia geral do joelho.
 
Imagem31
Representação de Ruptura no LCA

Posso praticar atividades físicas normalmente se tiver uma lesão no LCA?

Depende. É importante seguir as orientações do seu médico em relação a restrições de atividades durante a recuperação para evitar agravar a lesão.

Atividades de alto impacto e esportes de contato, por exemplo, devem ser evitados inicialmente e reintroduzidos gradualmente conforme a recuperação avança.

Quais devem ser os primeiros cuidados que devo ter ao lesionar o LCA?

No momento imediato após uma lesão no LCA durante esportes, que geralmente ocorre por torção do joelho, é recomendado encerrar imediatamente a prática e aplicar uma compressa fria na região da articulação, de preferência com a perna elevada.

É recomendado também repousar e evitar atividades que possam forçar a região do joelho afetada. Caso o paciente apresente sintomas mesmo assim, o mais indicado é buscar um ortopedista de joelho o mais rápido possível para avaliar a situação.

 
Imagem32

 

Qual o melhor tratamento para a lesão do ligamento cruzado anterior?

O tratamento mais adequado para uma lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) depende de vários fatores, incluindo a gravidade da lesão, o estilo de vida do paciente, a idade e a presença de lesões. Comumente, as opções de tratamento para lesões do LCA incluem:

  • Fisioterapia para fortalecer os músculos ao redor do joelho, melhorar a estabilidade e reduzir a dor;
  • O uso de órteses ou suportes para o joelho também pode ser recomendado para ajudar a estabilizar a articulação durante atividades físicas;
  • Medicamentos para o controle da dor e de inflamação;
  • Moderação de atividades físicas que forcem o joelho.

Em alguns casos, a cirurgia para reconstrução do LCA é a melhor opção.

Quando é indicada e como é feita a cirurgia de reconstrução do LCA?

A cirurgia de reconstrução do LCA é frequentemente recomendada para pacientes que praticam esportes de alto impacto ou atividades que exigem movimentos de rotação e mudanças de direção.

No procedimento, feito por meio de artroscopia, técnica minimamente invasiva, é feita a remoção do LCA danificado e a substituição por um enxerto de tecido, geralmente retirado do tendão patelar, tendão quadricipital ou tendões semitendíneo + grácil.

Em seguida, o enxerto é fixado no lugar usando parafusos ou outros dispositivos de fixação.

Como é o pós-operatório da cirurgia de reconstrução do LCA?

O procedimento para reconstrução do ligamento cruzado anterior tem um pós-operatório mais tranquilo, já que, por ser feito de maneira minimamente invasiva, tem um tempo de recuperação mais curto e menos complicações pós-operatórias.

É essencial que o paciente tenha acompanhamento profissional durante todo o processo de reabilitação e siga à risca as orientações médicas tanto no pós-operatório imediato, quanto para a liberação de atividades físicas.

As lesões do Ligamento Cruzado Anterior (LCA) são uma fonte significativa de dor e disfunção do joelho. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para garantir uma recuperação completa e reduzir o risco de complicações a longo prazo.

Portanto, caso você apresente um ou mais sintomas citados neste artigo, busque o quanto antes um ortopedista especialista em cirurgia de joelho.

Sou o Dr. Diego Moelas, especialista em Cirurgia de Joelho e Artroscopia. Atendo em diversos hospitais de São Paulo (Hospital Sírio Libanês, Hospital Nove de Julho, Hospital Samaritano, Hospital Oswaldo Cruz, entre outros) e estou a sua disposição!